O papel do Brasil na atual crise dos refugiados.

Brasil, um país mundialmente conhecido por sua população feliz, pelas magníficas paisagens naturais que dominam de um extremo ao outro, pela grandiosidade da floresta amazônica e entre outras características que o nosso país em sua amplitude possui. Dentre todas as características, a pluriculturalidade destaca a nossa nação como uma pátria acolhedora onde os povos distintos podem viver em perfeita harmonia, longe dos problemas que um dia motivaram seus conflitos. Partindo desses exemplos que definem a imagem brasileira, pergunto-me como o Brasil poderia contribuir para a atual situação de imigração que se dá na Europa? Estamos acompanhando através dos veículos de comunicação, a diáspora dos povos, em sua maioria árabes,que tentam não mais ter uma vida melhor em outro país mas sim poder usufruir do direito natural de todo ser humano, o direito à vida!

As várias guerras civis que vêm ocorrendo após a primavera árabe contribuem em grau significante para a atual onda imigratória que abala a Europa e deixa as potências europeias em uma situação desconfortante.Segundo a ONU, em 2014 o número de refugiados no mundo chegou perto da casa dos 60milhões e vem crescendo.O extremismo religioso disseminado por grupos radicais como o Estado Islâmico, vem implantando ao longo dos últimos anos o medo e o terror naquelas pessoas, a perseguição Étnica ( ou melhor, a limpeza Étnica ) e a perseguição cultural promovida pelo E.I chocam o mundo e podem ser consideradas as principais causas para o êxodo que estamos acompanhando.

Muitos países da Europa como Alemanha, Itália, Grécia e Hungria vêm sofrendo críticas internacionais por não estarem colaborando de toda forma com a recolocação dos refugiados, ou seja, a Europa se mostra cada vez mais individualista e cada país estuda implementar suas medidas que ferem o ideia da UE, que é a livre circulação.

E o Brasil? O que o Brasil tem a ver com essa situação? De acordo com a UNHCR( Agência da ONU para refugiados), até Dezembro de 2014 o Brasil possuía 7,490 refugiados oficiais, um número extremamente pequeno se levar em comparação o tamanho do nosso pais e esse número já chega na casa dos 9.000 hoje , sem levar em conta o número de solicitações de refúgio que ainda não foram atendidas, não vemos atualmente nenhuma posição ou medida oficial do governo brasileiro em relação à questão. Antes que vocês indaguem, claro, deve-se levar em conta que o Brasil possui um número pequeno de refugiados porque atravessar o Oceano Atlântico não é a mesma coisa que atravessar o Mar Mediterrâneo e a distância do Brasil para os países de onde partem o refugiado torna quase esta rota de fuga quase impossível para essas pessoas .Então, qual seria o papel do Brasil ?

O Brasil deve fazer coro com a comunidade internacional para que os países europeus não façam apenas a política de negação ou tratem de forma sub-humana estas pessoas, deixamos a ordem natural de lado quando aceitamos o contrato social e a partir disso o nosso direito à vida é uma lei que transcende qualquer território, qualquer língua e qualquer cultura. Além disso, o nosso pais pode fazer endosso para que junto com outras nações possam elaborar uma solução para o acolhimento dessas pessoas em nossos territórios. O Brasil pode ser mãe gentil não somente dos filhos deste solo mas dos filhos de outros solos que lhes foram negados.

Criança Síria encontrada em praia da Grécia no dia 2 de Setembro. Foto chocou o mundo!
Criança Síria encontrada em praia quando tentava chega à Grécia no dia 2 de Setembro. Foto chocou o mundo!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s